Go to English

Publicações

Em detalhes para você.

Comprar imóvel pela internet e por aplicativos exige cuidados

A procura por oferta de imóveis em sites e outras plataformas de vendas é cada vez maior. Conforme dados do Google, cerca de 60% do processo de compra de imóvel é feito pela internet. Na mesma linha o número de aplicativos direcionado à busca de imóveis só aumenta, o próprio Governo Federal lançou recentemente um dispositivo para simular financiamento de imóvel para o programa Minha casa, minha vida.

Porém, ao mesmo tempo em que essas ferramentas facilitam o processo de compra, também podem trazer vários problemas, se o comprador não ficar atento. Segundo Priscila Esperança Pelandré, advogada que atua na área de Direito Imobiliário da Sociedade de Advogados Alceu Machado, Sperb & Bonat Cordeiro, é bem comum a oferta estar desatualizada ou as características do imóvel ser diferente do anunciado. “Sem falar em outras questões como fraudes para conseguir dados do comprador ou imóveis que não existem no endereço divulgado”, alerta.

Acompanhe a matéria na íntegra no site do jornal.