Go to English

Publicações

Em detalhes para você.

Declaração de capitais brasileiros no exterior

 

 

No dia 06 de abril venceu o prazo para que as pessoas físicas e jurídicas residentes ou domiciliadas e com sede no Brasil apresentassem declaração anual informando valores de qualquer natureza, ativos em moedas e bens detidos fora do território nacional. Todo contribuinte que possuíam, em 31 de dezembro de 2014, bens ou valores no exterior em montante equivalente ou superior a US$ 100 mil  deveria ter enviado a declaração ao Banco Central do Brasil (BC). 

No entanto, quem apresentou as informações no período estipulado também precisa ficar atento a obrigatoriedade de apresentação da declaração trimestral nas datas de 31 de março, 30 de junho e 30 de setembro. De acordo com a norma do BC, aqueles que acumularam bens e valores no exterior igual ou superior a US$ 100 milhões ou o equivalente em outras moedas até essas datas são obrigados a declarar. 

Os ativos no exterior a serem declarados incluem depósitos em contas correntes, aplicações financeiras, participações societárias, imóveis, empréstimos e outros investimentos. O descumprimento da regulamentação pode resultar em multas, cujo valor pode chegar até R$ 250 mil.

Fonte: G1